Portal Oficial - Instituto Nacional de Estatística
      
 

Capacidade de financiamento da economia manteve-se em 1,0% do PIB
Contas Nacionais Trimestrais por Setor Institucional
Capacidade de financiamento da economia manteve-se em 1,0% do PIB - 2.º Trimestre de 2017
22 de setembro de 2017

Resumo

A capacidade de financiamento da economia situou-se em 1,0% do Produto Interno Bruto (PIB) no ano terminado no 2º trimestre de 2017, valor idêntico ao observado no trimestre anterior.
Por setor institucional, registaram-se melhorias no setor das Administrações Públicas (AP), que passou de uma necessidade de financiamento de 1,6% do PIB no ano acabado no 1º trimestre de 2017 para 1,4%, e no setor das sociedades financeiras, tendo a respetiva capacidade de financiamento aumentado 0,4 pontos percentuais (p.p.) para 2,3% do PIB. O saldo correspondente às sociedades não financeiras diminuiu para -1,3% do PIB, na sequência do aumento das remunerações pagas e do investimento do setor. A capacidade de financiamento das famílias estabilizou em 1,4% do PIB, associado à estabilização da poupança corrente, verificando-se aumentos de magnitude semelhante no rendimento disponível e na despesa de consumo final.
Tomando como referência valores trimestrais e não o ano acabado no trimestre, o saldo das AP situou-se em cerca de -1017,2 milhões de euros no 2º trimestre de 2017, correspondente a -2,1% do PIB  (-2,8% em igual período do ano anterior). No conjunto do 1º semestre de 2017, o saldo global das AP fixou-se em -1794,4 milhões de euros, correspondendo a -1,9% do PIB (-3,1% do PIB em igual período do ano passado).


Texto integral do Destaque
Download do documento PDF (315 Kb)
Quadros do Destaque
Excel Excel (352 Kb)
Excel Excel (347 Kb)
Excel Excel (425 Kb)
ZIP CSV (35 Kb)
ZIP CSV (38 Kb)
ZIP CSV (68 Kb)