Portal Oficial - Instituto Nacional de Estatística
      
 

Taxa de juro subiu para 1,011%, capital em dívida e prestação mensal aumentaram, fixando-se em 60 750 euros e 268 euros, respetivamente
Taxas de Juro Implícitas no Crédito à Habitação
Taxa de juro subiu para 1,011%, capital em dívida e prestação mensal aumentaram, fixando-se em 60 750 euros e 268 euros, respetivamente - Agosto de 2022
20 de setembro de 2022

Resumo

A taxa de juro implícita no conjunto dos contratos de crédito à habitação foi 1,011% em agosto, subindo 9,9 pontos base (p.b.) face a julho (0,912%). Nos contratos celebrados nos últimos três meses, a taxa de juro subiu de 1,289% em julho para 1,523% em agosto. No mês em análise, o capital médio em dívida aumentou 345 euros, fixando-se em 60 750 euros. A prestação média subiu 4 euros, para 268 euros. Nos contratos celebrados nos últimos 3 meses, o valor médio da prestação subiu 20 euros, para 445 euros. 


Destaque
Download do documento PDF (409 Kb)
Quadros
Excel Excel (222 Kb)
ZIP CSV (47 Kb)