Portal Oficial - Instituto Nacional de Estatística
      
 

Em fevereiro, a taxa de desemprego situou-se em 5,8% e a taxa de subutilização do trabalho em 11,0%
Estimativas Mensais de Emprego e Desemprego
Em fevereiro, a taxa de desemprego situou-se em 5,8% e a taxa de subutilização do trabalho em 11,0% - Fevereiro de 2022
30 de março de 2022

Resumo

Janeiro de 2022:

A população ativa (5 180,7 mil pessoas) diminuiu 0,1% relativamente ao mês anterior e aumentou 0,2% em relação a três meses antes e 3,7% ao mesmo mês de 2021.

A população empregada (4 882,4 mil), de modo semelhante, registou um decréscimo em relação ao mês anterior (0,1%) e um acréscimo relativamente a três meses antes (0,9%) e a um ano antes (5,0%).

A população desempregada (298,3 mil) diminuiu relativamente aos três períodos de comparação: 1,3%, 9,2% e 14,3%, respetivamente.

A taxa de desemprego situou-se em 5,8%, valor igual ao do mês anterior e inferior em 0,6 pontos percentuais (p.p.) ao de três meses antes e em 1,2 p.p. ao de um ano antes.

A população inativa (2 483,0 mil) também diminuiu em relação aos três períodos de comparação: 0,6%, 1,2% e 7,3%, respetivamente.

A taxa subutilização de trabalho situou-se em 11,2%, menos 0,1 p.p. do que no mês precedente, menos 0,5 p.p. do que três meses antes e menos 2,5 p.p. do que no mês homólogo de 2021.

Fevereiro de 2022:

A população ativa (5 165,8 mil) diminuiu 0,3% em relação a janeiro de 2022 e 0,2% relativamente a novembro de 2021, tendo aumentado 3,0% quando comparada com o valor de fevereiro de 2021.

A população empregada (4 868,3 mil) diminuiu 0,3% em relação ao mês anterior, tendo aumentado 0,3% relativamente a três meses antes e 4,2% comparativamente a um ano antes.

A população desempregada (297,5 mil) manteve-se praticamente inalterada em relação ao mês anterior, tendo diminuído tanto em relação a novembro de 2021 (8,0%) como a fevereiro desse ano (13,3%).

A taxa de desemprego situou-se em 5,8%, valor igual ao do mês precedente, mas inferior em 0,4 p.p. ao de três meses antes e em 1,0 p.p. ao de um ano antes.

A população inativa (2 497,0 mil) registou um acréscimo de 0,6% em relação ao mês anterior e decréscimos de 0,5% e de 6,1% em relação a três meses antes e a um ano antes, respetivamente.

A taxa subutilização de trabalho situou-se em 11,0%, tendo diminuído relativamente aos três períodos de comparação: 0,2%, 0,7% e 2,5%, respetivamente.


Destaque
Download do documento PDF (465 Kb)
Quadros
Excel Excel (49 Kb)
ZIP CSV (6 Kb)