Portal Oficial - Instituto Nacional de Estatística
      
 

Volume de Negócios nos Serviços diminuiu 20,0%
Índices de Volume de Negócios, Emprego, Remunerações e Horas Trabalhadas nos Serviços
Volume de Negócios nos Serviços diminuiu 20,0% -
12 de abril de 2021

Resumo

O índice de volume de negócios nos serviços acentuou a queda pelo terceiro mês consecutivo, passando de uma variação homóloga nominal de -16,5% em janeiro, para -20,0% em fevereiro, o valor mais negativo desde junho passado. Nos últimos doze meses, marcados pela pandemia COVID-19 em Portugal, o volume de negócios deste setor de atividade sofreu uma redução média de 18,8%.
Os índices de emprego, de remunerações e de horas trabalhadas ajustado de efeitos de calendário, apresentaram variações homólogas de -9,5%, -8,3% e -25,0%, respetivamente (-8,5%, -7,6% e -16,5% em janeiro, pela mesma ordem). A redução homóloga do pessoal ao serviço foi a mais intensa desde janeiro 2006 e desde maio de 2020 que a redução das horas trabalhadas não tinha sido tão expressiva, sendo a contração média dos últimos doze 16,0%.

Apesar das circunstâncias determinadas pela pandemia COVID-19, o INE apela à melhor colaboração das empresas, das famílias e das entidades públicas na resposta às solicitações do INE. A qualidade das estatísticas oficiais, particularmente a sua capacidade para identificar os impactos da pandemia COVID-19, depende crucialmente dessa colaboração, que o INE antecipadamente agradece.


Destaque
Download do documento PDF (385 Kb)
Quadros
Excel Excel (361 Kb)
ZIP CSV (99 Kb)