Portal Oficial - Instituto Nacional de Estatística
      
 

As exportações e as importações diminuíram 13,0% e 11,9%, respetivamente, em termos nominais
Estatísticas do Comércio Internacional
As exportações e as importações diminuíram 13,0% e 11,9%, respetivamente, em termos nominais - Março de 2020
08 de maio de 2020

Resumo

Em março de 2020, as exportações e as importações de bens registaram variações homólogas nominais de -13,0% e -11,9%, respetivamente (+0,8% e +3,5% em fevereiro de 2020, pela mesma ordem). Destacam-se os decréscimos tanto nas exportações como nas importações de Material de transporte (-33,5% e -38,4%, respetivamente), principalmente Automóveis para transporte de passageiros nas exportações e Outro material de transporte (aviões) nas importações. Destacam-se ainda os Produtos alimentares e bebidas, única categoria de produtos a registar aumentos quer nas exportações (+3,8%) quer nas importações (+6,7%) em março de 2020.
Excluindo os Combustíveis e lubrificantes, as exportações e as importações diminuíram 13,3% e 12,9%, respetivamente (-1,1% e +3,7%, pela mesma ordem, em fevereiro de 2020).
O défice da balança comercial de bens registou uma diminuição de 151 milhões de euros face ao mês homólogo de 2019, atingindo 1 586 milhões de euros em março de 2020. Excluindo os Combustíveis e lubrificantes, a balança comercial atingiu um saldo negativo de 1 155 milhões de euros, correspondente a uma diminuição do défice de 144 milhões de euros em relação a março de 2019.
No 1º trimestre de 2020, as exportações e as importações de bens diminuíram respetivamente 3,0% e 4,0% face ao 1º trimestre de 2019 (+3,2% e +0,3%, pela mesma ordem, no trimestre terminado em fevereiro de 2020).

A informação deste destaque, respeitante a março, reflete já parcialmente efeitos da pandemia COVID-19, quer no comportamento da atividade económica, quer na quantidade de informação primária disponível na compilação dos resultados apresentados. Apelamos à melhor colaboração das empresas, das famílias e das entidades públicas, apesar das dificuldades, na resposta às solicitações do INE. A qualidade das estatísticas oficiais depende crucialmente dessa colaboração, que o INE antecipadamente agradece.


Destaque
Download do documento PDF (457 Kb)
Quadros
Excel Excel (271 Kb)
ZIP CSV (30 Kb)