Portal Oficial - Instituto Nacional de Estatística
      
 

No 3.º trimestre de 2020, o Índice de Custo do Trabalho aumentou 6,0% devido ao aumento dos custos por trabalhador e à redução das horas trabalhadas
Índice de Custo do Trabalho
No 3.º trimestre de 2020, o Índice de Custo do Trabalho aumentou 6,0% devido ao aumento dos custos por trabalhador e à redução das horas trabalhadas - 3.º Trimestre de 2020
13 de novembro de 2020

Resumo

O Índice de Custo do Trabalho (ICT) ajustado de dias úteis registou um acréscimo homólogo de 6,0% no 3.º trimestre de 2020. No trimestre anterior, a variação tinha sido 14,6%.
Esta evolução resultou do aumento de 2,7% no custo médio por trabalhador e da redução de 2,9% no número de horas efetivamente trabalhadas por trabalhador. Tal como no trimestre anterior, a diminuição desta última componente foi transversal a todas as atividades económicas analisadas. O acréscimo do custo médio por trabalhador ocorreu igualmente em todas a atividades.
As duas principais componentes do custo do trabalho por hora efetivamente trabalhada – custos salariais e outros custos – aumentaram 6,2% e 4,9%, respetivamente, em relação ao mesmo período do ano anterior.

Apesar das circunstâncias determinadas pela pandemia COVID-19, o INE apela à melhor colaboração das empresas, das famílias e das entidades públicas na resposta às solicitações do INE. A qualidade das estatísticas oficiais, particularmente a sua capacidade para identificar os impactos da pandemia COVID-19, depende crucialmente dessa colaboração que o INE antecipadamente agradece.


Destaque
Download do documento PDF (300 Kb)
Quadros
Excel Excel (31 Kb)
ZIP CSV (4 Kb)