Portal Oficial - Instituto Nacional de Estatística
      
 

Viagens turísticas dos residentes em aceleração, principalmente com destino ao estrangeiro
Procura Turística dos Residentes
Viagens turísticas dos residentes em aceleração, principalmente com destino ao estrangeiro - 2.º Trimestre de 2019
25 de outubro de 2019

Resumo

No 2º trimestre de 2019, os residentes em Portugal realizaram 5,6 milhões de viagens, o que correspondeu a um crescimento de 18,0% (+4,4% no 1ºT 2019 e +6,3% no 4ºT 2018). Verificou-se que 85,2% das viagens decorreram em território nacional, revelando um aumento de 15,7%. As viagens com destino ao estrangeiro registaram um crescimento de 33,2%, totalizando 828,2 mil (14,8% do total). Este resultado poderá estar influenciado pelo desfasamento do calendário do período da Páscoa, que este ano ocorreu em meados de abril, enquanto no ano anterior teve influência repartida entre março e abril.
O “Lazer, recreio ou férias” foi a principal motivação para viajar no 2º trimestre de 2019 (2,7 milhões de viagens, +26,6%), tendo aumentado a sua representatividade em 3,3 p.p. (48,6% do total, face a 45,3% no trimestre homólogo); liderou como principal motivo para viajar quer nas deslocações nacionais, quer nas deslocações ao estrangeiro, concentrando, respetivamente, 46,8% (+3,7 p.p.) e 58,9% (-1,0 p.p.) das viagens.
Os “hotéis e similares” concentraram 31,5% das dormidas, reforçando a sua representatividade (+3,5 p.p.). O “alojamento particular gratuito” manteve-se como a principal opção de alojamento (57,5% das dormidas), apesar da redução do seu peso no total (-0,9 p.p.).


Texto integral do Destaque
Download do documento PDF (342 Kb)