Portal Oficial - Instituto Nacional de Estatística
      
 

Capacidade de financiamento da economia atingiu 0,4% do PIB
Contas Nacionais Trimestrais por Setor Institucional
Capacidade de financiamento da economia atingiu 0,4% do PIB - 2.º Trimestre de 2019
23 de setembro de 2019

Resumo

A economia portuguesa apresentou uma capacidade de financiamento de 0,4% do Produto Interno Bruto (PIB) no ano acabado no 2º trimestre de 2019 (0,5% no 1º trimestre de 2019). Na origem da ligeira redução esteve o agravamento do saldo negativo nas transações de bens e serviços com o exterior.
A Poupança da economia e a Formação Bruta de Capital (FBC) registaram uma taxa de variação idêntica de 2,1% no ano terminado no 2º trimestre de 2019. O aumento da FBC foi particularmente expressivo no setor das Sociedades Não Financeiras em que a respetiva taxa de investimento atingiu 25,9%.
A capacidade de financiamento das Famílias recuou para 1,0% do PIB no 2º trimestre de 2019, menos 0,4 p.p. que no trimestre anterior. A taxa de poupança reduziu-se para 5,9% do Rendimento disponível, refletindo sobretudo o crescimento de 0,8% da Despesa de Consumo Final.
As Administrações Públicas (AP) registaram um excedente de 0,2% do PIB no ano terminado no 2º trimestre de 2019. Tomando como referência valores trimestrais e não o ano acabado no trimestre, o saldo das AP foi negativo no 2º trimestre de 2019, situando-se em -1,6% do PIB, o que compara com -3,2% em igual período do ano anterior. No conjunto do 1º semestre de 2019, o saldo das AP foi -0,8% (-2,2% em igual período do ano anterior).


Destaque
Download do documento PDF (430 Kb)
Quadros
Excel Excel (387 Kb)
Excel Excel (381 Kb)
Excel Excel (451 Kb)
CSV CSV (38 Kb)
CSV CSV (41 Kb)
CSV CSV (72 Kb)