Portal do Instituto Nacional de Estatística


Destaques


      
 

Previsões Agrícolas
Aumento na produção de cereais de outono/inverno. Pomares e vinhas com atrasos no ciclo cultural - Julho de 2018
20 de agosto de 2018

Resumo

As previsões agrícolas, em 31 de julho, apontam para um aumento global da produção de cereais de outono/inverno (+8% face a 2017), consequência das condições climatéricas favoráveis.
Nas culturas de primavera/verão, perspetiva-se um aumento da área de milho para grão (+5%), que deverá fixar-se nos 90 mil hectares, situação que já não acontecia desde 2015. No tomate para a indústria, assinala-se um aumento da pressão das doenças criptogâmicas, nomeadamente do míldio, prevendo-se a manutenção do rendimento unitário da campanha passada. Também no arroz a produtividade deverá ser semelhante à do ano anterior. Para a batata de regadio, as colheitas já realizadas apontam para uma produtividade a rondar as 21 toneladas por hectare, 10% inferior à registada em 2017.
Os pomares e as vinhas apresentam um atraso no ciclo vegetativo que varia, consoante as regiões, entre as duas e as três semanas. Na maçã e na pera, as previsões são para reduções do rendimento unitário (-5% e -10%, respetivamente), com bastante heterogeneidade na carga de frutos dos pomares. No pêssego estima-se um aumento da produtividade de 5%. Na amêndoa as previsões apontam para uma diminuição de 20% face à campanha anterior, resultado de dificuldades na fase da floração/vingamento do fruto. Quanto à vinha, perspetiva-se que a produtividade decresça 5% face a 2017.


Texto integral do Destaque
Download do documento PDF (287 Kb)
 






Autentique-se para subscrever






                     Acessibilidade       Em conformidade com o nível 'AA' das WCAG 1.0 do W3C Em conformidade com o nível AA das WCAG 1.0 do W3C
CSE ALEA SICAE SEE - Sistema Estatico Europeu ESS Vision 2020   UE - Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional POCI Compete 2020 Portugal 2020