Portal Oficial - Instituto Nacional de Estatística
      
 

Viagens turísticas dos residentes aumentam, especialmente as de curta duração e em território nacional
Procura Turística dos Residentes
Viagens turísticas dos residentes aumentam, especialmente as de curta duração e em território nacional - 3.º Trimestre de 2016
30 de janeiro de 2017

Resumo

No 3.º trimestre de 2016 os residentes realizaram 7,63 milhões de deslocações turísticas, correspondendo a um acréscimo de 9,6% face ao trimestre homólogo de 2015 (-1,2% no 2ºT 2016). As deslocações de curta duração aumentaram 11,8% (+1,9% no 2ºT 2016), correspondendo a 52,5% do total. As deslocações ao estrangeiro cresceram 7,1% (+1,3% no 2ºT 2016), representando 9,4% do total, mas foram as deslocações em território nacional que mais aumentaram neste período: +9,9% (-1,4% no 2ºT 2016).
“Lazer, recreio ou férias” foi a principal motivação para viajar, tendo-lhe correspondido 4,6 milhões de deslocações (59,9% do total, +1,3 p.p. após +1,2 p.p. no 2ºT). Para “visita a familiares ou amigos” realizaram-se 2,5 milhões de deslocações (32,2% do total, -1,7 p.p., -2,3 p.p. no 2ºT), tendo as viagens por motivos “profissionais ou de negócios” (359,0 mil) mantido o seu peso relativo (4,7%).
O “alojamento particular gratuito” aumentou a sua expressão, agregando 61,6% das dormidas (+2,1 p.p., sucedendo a +5,0 p.p. no 2ºT). Os “hotéis e similares” reuniram 21,3% das dormidas no trimestre (-1,1 p.p. em termos de representatividade; -6,1 p.p. no 2ºT).


Destaque
Download do documento PDF (505 Kb)