Portal Oficial - Instituto Nacional de Estatística
      
 

Investimento empresarial deverá crescer 6,0% em termos nominais em 2016
Inquérito de Conjuntura ao Investimento
Investimento empresarial deverá crescer 6,0% em termos nominais em 2016 - 1.º Semestre de 2016
08 de julho de 2016

Resumo

De acordo com as intenções manifestadas pelas empresas no Inquérito de Conjuntura ao Investimento de abril de 2016 (com período de inquirição entre 1 de abril e 4 de julho de 2016), o investimento empresarial em termos nominais deverá apresentar uma taxa de variação de 6,0% em 2016, que compara com a variação de 3,1% obtida no inquérito de outubro de 2015. Os resultados deste inquérito apontam ainda para uma diminuição de 0,2% do investimento em 2015.
Entre os objetivos do investimento, perspetiva-se, entre 2015 e 2016, um aumento do peso relativo do investimento associado à racionalização e restruturação e, em menor grau, do investimento orientado para a extensão da capacidade produtiva. Perspetiva-se também a diminuição da importância relativa do investimento de substituição, continuando, no entanto, a ser o objetivo mais referido.
O principal fator limitativo do investimento empresarial identificado pelas empresas nos dois anos analisados foi a deterioração das perspetivas de venda, seguindo-se a incerteza sobre a rentabilidade dos investimentos. Entre 2015 e 2016 prevê-se uma diminuição do peso relativo da insuficiência da capacidade produtiva e da deterioração das perspetivas de venda e um aumento do peso relativo da dificuldade em obter crédito bancário.


Destaque
Download do documento PDF (462 Kb)
Quadros
Excel Excel (270 Kb)
CSV CSV (6 Kb)