Portal Oficial - Instituto Nacional de Estatística
      
 

Necessidade de financimento da economia reduz-se significativamente
Contas Nacionais Trimestrais por Setor Institucional
Necessidade de financimento da economia reduz-se significativamente - 3.º Trimestre de 2012
28 de dezembro de 2012

Resumo
No ano terminado no 3º trimestre de 2012, a necessidade de financiamento da economia, em percentagem do PIB, diminuiu para 0,7% (2,1% no ano acabado no trimestre anterior).
No setor das famílias , verificou-se um aumento da capacidade de financiamento de 5,0% para 5,9% do PIB. Esta evolução esteve sobretudo associada ao crescimento da poupança corrente. Efetivamente, a taxa de poupança das famílias aumentou para 11,2%, mais 1,1 pontos percentuais (p.p.) que o observado no ano acabado no 2º trimestre, determinado sobretudo pela forte redução do consumo.
A necessidade de financiamento das sociedades não financeiras diminuiu 0,6 p.p., para 3,7% do PIB, refletindo em larga medida a contração do investimento e a redução das remunerações pagas. As sociedades financeiras registaram uma capacidade de financiamento de 0,6% do PIB, saldo inferior em 0,2 p.p. ao do trimestre anterior. 
Nos três primeiros trimestres de 2012, a necessidade de financiamento das Administrações Públicas situou-se em 5,6% do PIB, contra 6,7% no mesmo período do ano anterior.
Os custos de trabalho por unidade produzida na economia acentuaram a sua redução em consequência dos efeitos conjugados da diminuição da remuneração média por trabalhador e do aumento da produtividade aparente.

Destaque
Download do documento PDF (292 Kb)
Quadros
Excel Excel (278 Kb)
Excel Excel (261 Kb)
Excel Excel (327 Kb)
CSV CSV (25 Kb)
CSV CSV (27 Kb)
CSV CSV (51 Kb)