Portal Oficial - Instituto Nacional de Estatística
      
 

Emprego diminuiu 2,0% em 2020, refletindo o impacto da pandemia, embora a redução homóloga no 4.º trimestre tenha sido menos intensa (1,0%)
Estatísticas do Emprego
Emprego diminuiu 2,0% em 2020, refletindo o impacto da pandemia, embora a redução homóloga no 4.º trimestre tenha sido menos intensa (1,0%) - 4.º Trimestre de 2020
10 de fevereiro de 2021

Resumo

No 4.º trimestre de 2020
A taxa de desemprego foi estimada em 7,1%, valor inferior em 0,7 pontos percentuais (p.p.) ao do trimestre anterior e superior em 0,4 p.p. ao do trimestre homólogo de 2019.
A população empregada, 4 859,5 mil pessoas, aumentou 1,2% (59,6 mil) por comparação com o trimestre anterior, mas diminuiu 1,0% (48,1 mil) em relação ao homólogo. Simultaneamente, a população empregada ausente do trabalho na semana de referência diminuiu 47,8% (396,1 mil) em relação ao trimestre anterior e aumentou 26,0% (89,4 mil) relativamente ao 4.º trimestre de 2019. De modo semelhante, observou-se um acréscimo trimestral de 8,5% e uma redução homóloga de 6,6% do volume de horas efetivamente trabalhadas. A transição do desemprego para o emprego (30,4%) foi a mais elevada da série iniciada em 2011.
A população desempregada, estimada em 373,2 mil pessoas, diminuiu 7,7% (30,9 mil) em relação ao trimestre anterior e aumentou 5,9% (20,8 mil) relativamente ao 4.º trimestre de 2019.
A subutilização do trabalho abrangeu 750,3 mil pessoas, tendo diminuído 7,8% (63,4 mil) em relação ao trimestre anterior e aumentado 10,7% (72,3 mil) em relação ao homólogo. Também a taxa de subutilização do trabalho, estimada em 13,8%, diminuiu 1,1 p.p. relativamente ao trimestre precedente e aumentou 1,3 p.p. por comparação com um ano antes. Este aumento homólogo foi explicado, maioritariamente, pelo aumento do número de inativos disponíveis para trabalhar, mas que não procuraram emprego.
A população inativa com 15 e mais anos, 3 687,3 mil pessoas, diminuiu 0,4% (13,6 mil) relativamente ao trimestre anterior e aumentou 2,2% (78,7 mil) em relação ao trimestre homólogo.

Em 2020
A taxa de desemprego foi 6,8%, tendo aumentado 0,3 p.p. relativamente a 2019, enquanto a taxa de subutilização do trabalho foi estimada em 13,9%, 1,2 p.p. acima da do ano anterior.
A população empregada foi estimada em 4 814,1 mil pessoas e diminuiu 2,0% (99,0 mil) em relação ao ano transato. Já a população desempregada, 350,9 mil pessoas, aumentou 3,4% (11,4 mil) em relação àquele período.
A taxa de desemprego de jovens (15 a 24 anos) situou-se em 22,6%, 4,3 p.p. acima do estimado para o ano anterior, enquanto a proporção de desempregados de longa duração foi estimada em 39,5%, menos 10,3 p.p. do que em 2019, o que correspondeu ao decréscimo mais elevado da série de dados.
Dos jovens dos 15 aos 34 anos residentes em Portugal, 11,6% (255,2 mil) não tinham emprego nem estavam a estudar ou em formação, uma percentagem que aumentou 2,1 p.p. (45,1 mil) em relação a 2019.
Os três indicadores Europa 2020 – taxa de emprego dos 20 aos 64 anos, taxa de abandono precoce de educação e formação e taxa de escolaridade do ensino superior – observaram os seguintes valores: 74,7%, 8,9% e 39,6% (76,1%, 10,6% e 36,2% em 2019). Assim, o primeiro e o terceiro indicadores ficaram um pouco aquém das respetivas metas (75% ou mais e no mínimo 40%, respetivamente), enquanto o segundo superou a meta estabelecida (menos de 10%).

A informação deste Destaque é influenciada pela situação atual determinada pela pandemia COVID-19, seja pela natural perturbação associada ao impacto da pandemia na obtenção de informação primária, seja pelas alterações comportamentais decorrentes das medidas de salvaguarda da saúde pública adotadas (ver explicação na página 17).

Apesar das circunstâncias determinadas pela pandemia COVID-19, o INE apela à melhor colaboração das empresas, das famílias e das entidades públicas na resposta às solicitações do INE. A qualidade das estatísticas oficiais, particularmente a sua capacidade para identificar os impactos da pandemia COVID-19, depende crucialmente dessa colaboração que o INE antecipadamente agradece.


Destaque
Download do documento PDF (448 Kb)
Quadros
Excel Excel - 4ºT/2020 (718 Kb)
Excel Excel - Anual (422 Kb)
ZIP CSV - 4ºT/2020 (63 Kb)
ZIP CSV - Anual (54 Kb)