Instituto Nacional de EstatísticaCensos 2011
 
     
Informação relacionada
     150 anos Censos em Portugal 1864 - 2014
  
Censos em Portugal

A forma mais antiga e mais direta de conhecer o número de pessoas que, em dado momento, habitam um determinado território, consiste em realizar, literalmente, uma contagem, através duma inquirição exaustiva (habitualmente denominada recenseamento, ou censo) dos indivíduos.

No território que hoje se conhece como Portugal, o primeiro vestígio de realização de contagens que se aproximam de um registo censitário teve lugar no ano 0, por ordem do Imperador César Augusto.

Na Idade Média, durante o período de ocupação dos Árabes na Península Ibérica, foram também realizadas várias contagens.

Após a fundação da nação portuguesa realizaram também vários “numeramentos”, “contagens” e “recenseamentos”, remontando o primeiro de que se tem conhecimento ao Rol de Besteiros do Conto no reinado de D. Afonso III no século XIII.

Em 1864 realizou-se o I Recenseamento Geral da população portuguesa, o qual foi o primeiro a reger-se pelas orientações internacionais, marcando o início dos recenseamentos da época moderna no nosso País.


 


censos@ine.pt © 2009-2014, Instituto Nacional de Estatística

[D] Em conformidade com o nível 'A' das WCAG 1.0 do W3C